Psyko hacks

tudo sobre amte virus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

tudo sobre amte virus

Mensagem  GaBrIeL4510™ em Julho 16th 2012, 8:00 pm

<center>
<center><span style='text-shadow:0px 0px 5px blue '>
Oque são vírus de computador ?
Vírus de computador são programas desenvolvidos com fins maliciosos. Podemos encontrar algumas semelhanças de um vírus de computador com um vírus orgânico. Assim como ambos necessitam de um sistema ou um programa hospedeiro, o vírus de computador é capaz de se propagar de forma quase insuspeita e, tal como a gravidade dos vírus dos seres humanos – que variam de uma gripe de 24 horas a um ebola –, os vírus de computador variam desde uma pequena inconveniência a um elevado grau de destrutividade.

O vírus de computador se instala com o objetivo de prejudicar o desempenho dele, de destruir arquivos e se espalhar para outros computadores. Pessoas mal-intencionadas podem usar essas brechas para vasculhar o computador e roubar dados, como senhas de banco e números de cartão de crédito.

Como um vírus de computador ataca ?

1. Os vírus podem chegar através de e-mails, programas-piratas, sites de origem duvidosa ou outros micros numa rede local. Para que infectem o micro, normalmente o usuário precisa executar o programa instalador do vírus. Por isso, muitas dessas pragas utilizam técnicas de engenharia social para seduzir aqueles que os recebem, oferecem “recompensas”, como dinheiro e produtos grátis, para quem clicar um botão ou acessar um determinado link.

2. Quando o usuário executa o programa instalador do vírus, o computador é instantaneamente contaminado. Muitos vírus se alojam no sistema operacional e ficam escondidos, esperando o momento de agir. Mas em alguns casos, outros programas instalados no computador podem ser prejudicados pela ação do vírus, atrapalhando o desempenho do equipamento.

3. Assim como os vírus biológicos, o vírus de computador se propaga dentro do organismo infectado – no caso o computador – e depois busca infectar o maior número de computadores possíveis. Para isso, ele envia mensagens de correio eletrônico em nome do dono do equipamento ou de outros remetentes constantes da lista de endereços de e-mail do computador infectado.[quote]

<span style='text-shadow:0px 0px 5px red '>quais são os tipos de vírus?

1°Cavalos de Tróia (trojans).

São programas maliciosos que geralmente não se multiplicam apenas tem alguma função nociva predeterminada.[quote]

2° Worms:

São os vírus que mais se multiplicam em processo automático, geralmente exploram falhas de segurança em programas de gerenciamento de e-mails para se auto executarem e se espalharem rapidamente causando sérios prejuízos a nível mundial.[quote]

3°Spywares

São um tipo relativamente novo de malware (programa malicioso) utilizados por empresas de marketing para fazer propagandas abusivas e coletar dados sobre os usuários, seus hábitos de navegação, etc. Os spywares são obitidos geralmente através de determinados programas (geralmente os que exibem anúncios comerciais) através de scripts e plugins em páginas de Internet.[quote]

4°Vírus de Macro

Os vírus de macro (ou macro vírus) vinculam suas macros a modelos de documentos gabaritos e a outros arquivos de modo que, quando um aplicativo carrega o arquivo e executa as instruções nele contidas, as primeiras instruções executadas serão as do vírus.
Vírus de macro são parecidos com outros vírus em vários aspectos: são códigos escritos para que, sob certas condições, este código se "reproduz", fazendo uma cópia dele mesmo. Como outros vírus, eles podem ser escritos para causar danos, apresentar uma mensagem ou fazer qualquer coisa que um programa possa fazer.[quote]

5°Backdoor

o Vírus Backdoor é uma falha de segurança que pode existir em um programa de computador ou sistema operacional, que pode permitir a invasão do sistema por um cracker para que ele possa obter um total controle da máquina. Muitos crackers utilizam-se de um Backdoor para instalar vírus de computador ou outros programas maliciosos, conhecidos como malware.[quote]

<span style='text-shadow:0px 0px 5px Blue-violet '>
Agentes dos Malwares

Crackers

O Que é um Cracker?

Cracker é o termo usado para designar quem pratica a quebra (ou cracking) de um sistema de segurança, de forma ilegal ou sem ética. O uso deste termo reflete a forte revolta destes contra o roubo e vandalismo praticado pelo cracking.[quote]


Níveis de Cracking:

Crackers de Criptografia:

Termo usado para designar aqueles que se dedicam à quebra de criptográfia (cracking codes). Tal procedimento pode ser executado tanto com lápis e papel bem como com uso de computadores, tudo depende da fonte do problema a ser solucionado.[quote]


Crackers de softwares:

Termo usado para designar programadores e Deco-ders que fazem engenharia reversa de um determinado programa, ou seja, alteram o conteúdo de um determinado programa pra fazer funcionar de forma correta, muitos crackers alteram datas de expiração de um determinado programa pra fazer funcionar mais de 30 dias, ou seja, modificam o modo trial para utilizar como se fosse uma cópia legítima, ou fazem um desvio interno na rotina de registro do programa para que ele passe a aceitar quaisquer seriais, tais sofwares alterados são conhecidos como warez.[quote]

Desenvolvedores de vírus, worms, trojans e outros malwares:


São Programadores que criam pequenos softwares que causam danos ao usuário.[quote]
<span style='text-shadow:0px 0px 5px red '>
Hacker

Originalmente, e para certos programadores, hackers (singular: hacker) são indivíduos que elaboram e modificam software e hardware de computadores, seja desenvolvendo funcionalidades novas, seja adaptando as antigas.[quote]

Tipos de Hackers

White hat

White hat (hacker ético), vem do inglês "chapéu branco" e indica um hacker interessado em segurança. Utiliza os seus conhecimentos na exploração e detecção de erros de concepção, dentro da lei. A atitude típica de um white hat assim que encontra falhas de segurança é a de entrar em contacto com os responsáveis pelo sistema e informar sobre o erro, para que medidas sejam tomadas. Um white hat pode ser comparado a um policial ou vigilante, buscando as falhas para corrigi-las. Encontramos hackers white hats ministrando palestras (ou aulas em universidades) sobre segurança de sistemas, e até trabalhando dentro de empresas para garantir a segurança dos dados. Por causa do sentido pejorativo que a mídia associa ao termo "hacker", normalmente o hacker white hat não é publicamente chamados de hacker e sim de especialista em TI, analista de sistema ou outro cargo na área de informática. No entanto, realmente são hackers.[quote]

Gray hat

Gray hat - Tem as habilidades e intenções de um hacker de chapéu branco na maioria dos casos, mas por vezes utiliza seu conhecimento para propósitos menos nobres. Um hacker de chapéu cinza pode ser descrito como um hacker de chapéu branco que às vezes veste um chapéu preto para cumprir sua própria agenda. Hackers de chapéu cinza tipicamente se enquadram em outro tipo de ética, que diz ser aceitável penetrar em sistemas desde que o hacker não cometa roubo, vandalismo ou infrinja a confidencialidade. Alguns argumentam, no entanto, que o ato de penetrar em um sistema por si só já é anti-ético.[quote]

Black hat

Black hat, (cracker ou dark-side hacker), indica um hacker criminoso ou malicioso, comparável a um terrorista. Em geral são de perfil abusivo ou rebelde, muito bem descritos pelo termo "hacker do lado negro" (uma analogia à série de filmes Star Wars). Geralmente especializados em invasões maliciosas e silenciosas, são os hackers que não possuem ética.[quote]

Newbie

Newbie ou a sigla NB, vem do inglês "novato". Indica uma pessoa aprendiz na área, ainda sem muita habilidade, porém possui uma sede de conhecimento notável. Pergunta muito, mas freqüentemente é ignorado ou ridicularizado por outros novatos que já saibam mais do que ele (ao contrario dos lammers que são ridicularizados por todos). Hackers experientes normalmente não ridicularizam os novatos, por respeito ao desejo de aprender - no entanto, podem ignorá-los por falta de tempo ou paciência.[quote]

Lammer

O termo Lammer indica uma pessoa que acredita que é um hacker (decifrador), demonstra grande arrogância, no entanto sabe pouco ou muito pouco e é geralmente malicioso. Utilizam ferramentas criadas por Crackers para demonstrar sua suposta capacidade ou poder, na intenção de competir por reputação, no entanto são extremamente inconvenientes para convívio social, mesmo com outros hackers. Algumas pessoas acreditam que essa é uma fase natural do aprendizado, principalmente quando o conhecimento vem antes da maturidade. Lamer's geralmente atacam colegas de trabalho ou colegas de estudo, sempre com menos aprendizado, e estes se aterrorizam, aumentando a arrogânica do lamer.[quote]

Dicas de como se prevenir.
<span style='text-shadow:0px 0px 5px yellow '>
1 - Saia usando Logout, Sair ou equivalente
Ao acessar seu webmail, sua conta em um site de comércio eletrônico, sua página no orkut, seu home banking ou qualquer outro serviço que exige que você forneça um nome de usuário e uma senha, clique em um botão/link de nome Logout, Logoff, Sair, Desconectar ou equivalente para sair do site. Pode parecer óbvio, mas muita gente simplesmente sai do site fechando a janela do navegador de internet ou entrando em outro endereço. Isso é arriscado, pois o site não recebeu a instrução de encerrar seu acesso naquele momento e alguém mal-intencionado pode abrir o navegador e acessar as informações de sua conta, caso esta realmente não tenha sido fechada devidamente. Esta dica é válida principalmente em computadores públicos (da faculdade, por exemplo).[quote]

2 - Crie senhas difíceis de serem descobertas
Não utilize senhas fáceis de serem descobertas, como nome de parentes, data de aniversário, placa do carro, etc. Dê preferência a sequências que misturam letras, números e até mesmo símbolos especiais. Além disso, não use como senha uma combinação que tenha menos que 6 caracteres. O mais importante: não guarde suas senhas em arquivos do Word ou de qualquer outro programa. Se necessitar guardar uma senha em papel (em casos extremos), destrua-o assim que decorar a sequência. Além disso, evite usar a mesma senha para vários serviços[quote]

3 - Mude a sua senha periodicamente
Além de criar senhas difíceis de serem descobertas, é essencial mudá-las periodicamente, a cada três meses, pelo menos. Isso porque, se alguém conseguir descobrir a senha do seu e-mail, por exemplo, poderá acessar as suas mensagens sem que você saiba, apenas para espioná-lo. Ao alterar sua senha, o tal espião não vai mais conseguir acessar as suas informações.[quote]

4 - Use navegadores atuais
Usar navegadores de internet atuais garante não só que você consiga acessar tecnologias novas para a internet, como HTML5, mas também conte com recursos de segurança que combatem perigos mais recentes, como sites falsos que se passam por páginas de banco, por exemplo. Além disso, navegadores atualizados geralmente contam com correções contra falhas de segurança exploradas em versões anteriores. Por isso, sempre utilize a última versão disponível para o seu navegador. Se você não tem paciência para isso, verifique se o seu browser possui atualização automática, recurso existente no Firefox e no Google Chrome, por exemplo.[quote]


5 - Cuidado com downloads
Se você usa programas de compartilhamento ou costuma obter arquivos de sites especializados em downloads, fique atento ao que baixar. Ao término do download, verifique se o arquivo possui alguma característica estranha, por exemplo, mais de uma extensão (como cazuza.mp3.exe), tamanho muito pequeno ou informações de descrição suspeitas, pois muitas pragas digitais se passam por arquivos de áudio, vídeo, foto, aplicativos e outros para enganar o usuário. Além disso, sempre examine o arquivo baixado com um antivírus.

Também tome cuidado com sites que pedem para você instalar programas para continuar a navegar ou para usufruir de algum serviço. Ainda, desconfie de ofertas de softwares "milagrosos", capazes de dobrar a velocidade de seu computador ou de melhorar sua performance, por exemplo.[quote]

6 - Evite sites de conteúdo duvidoso
Muitos sites contêm em suas páginas scripts capazes de explorar falhas do navegador de internet. Por isso, evite navegar em sites *****gráficos, de conteúdo hacker ou que tenham qualquer conteúdo duvidoso, a não ser que você tenha certeza de estar navegando em um ambiente seguro.[quote]
<span style='text-shadow:0px 0px 5px blue '>
7 - Cuidado com anexos de e-mail
Essa é uma das instruções mais antigas, mesmo assim, o e-mail ainda é uma das principais formas de disseminação de malwares. Tome cuidado ao receber mensagens que te pedem para abrir o arquivo anexo (supostas fotos, por exemplo), principalmente se o e-mail veio de alguém que você não conhece. Para aumentar sua segurança, você pode checar o arquivo anexado com um antivírus, mesmo quando estiver esperando recebê-lo de alguém.


8 - Atualize seu antivírus
Muita gente pensa que basta instalar um antivírus para o seu computador estar protegido, mas não é bem assim. É necessário atualizá-lo regularmente, do contrário, o antivírus não saberá da existência de vírus novos. Praticamente todos os antivírus disponíveis permitem configurar atualizações automáticas. Verifique nos arquivos de ajuda do software ou no site do desenvolvedor como realizar as atualizações.

9 - Cuidado ao fazer compras na internet ou usar sites de bancos
Fazer compras pela internet é uma grande comodidade, mas só o faça em sites de venda reconhecidos. Caso esteja interessado em um produto vendido em um site desconhecido, faça uma pesquisa na internet para descobrir se existe reclamações contra a empresa. Um bom serviço para isso é o site Reclame Aqui. Veja mais dicas sobre compras on-line aqui.

Ao acessar sua conta por meio da internet, também tenha cuidado. Evite fazer isso em computadores públicos, verifique sempre se o endereço do link é mesmo o do serviço bancário e siga todas as normas de segurança recomendadas pelo banco.

10 - Atualize seu sistema operacional
O Windows é o sistema operacional mais usado no mundo e quando uma falha de segurança é descoberta nele, uma série de pragas digitais podem ser desenvolvidas para explorá-la. Por isso, sempre o mantenha atualizado. Você pode fazer isso procurando a opção Windows Update no sistema operacional. Para não ter que se preocupar com isso, você pode habilitar a funcionalidade de atualização automática.

Note que utilizar uma versão "pirata" do sistema operacional também é um risco, afinal, softwares nesta condição podem não contar com todas as atualizações e recursos de segurança do desenvolvedor.

Se for usuário de outro sistema operacional, como Mac OS ou alguma distribuição Linux, saiba que essas dicas também são válidas, pois falhas de segurança existem em qualquer plataforma, mesmo naquelas mais protegidas.

11 - Não responda a ameaças, provocações ou intimidações
Se você receber ameaças, provocações, intimidações ou qualquer coisa parecida pela internet, evite responder. Além de evitar mais aborrecimentos, essa prática impede que o autor obtenha informações importantes que você pode acabar revelando por causa do calor do momento. Se você perceber que a ameaça é séria ou se você se sentir ofendido, mantenha uma cópia de tudo e procure orientação das autoridades locais.


12 - Não revele informações importantes sobre você
Em sites de bate-papo (chat), no orkut, no Twitter ou em qualquer serviço onde um desconhecido pode acessar suas informações, evite dar detalhes da escola ou da faculdade que você estuda, do lugar onde você trabalha e principalmente de onde você mora. Evite também disponibilizar dados ou fotos que forneçam qualquer detalhe relevante sobre você, por exemplo, imagens em que aparecem a fachada da sua casa ou a placa do seu carro. Nunca divulgue seu número de telefone por esses meios, tampouco informe o local em que você estará nas próximas horas ou um lugar que você frequenta regularmente. Caso esses dados sejam direcionados aos seus amigos, avise-os de maneira particular, pois toda e qualquer informação relevante sobre você pode ser usada indevidamente por pessoas mal-intencionadas, inclusive para te localizar.

13 - Cuidado ao fazer cadastros
Muitos sites exigem que você faça cadastro para usufruir de seus serviços, mas isso pode ser uma cilada. Ora, se um site pede o número do seu cartão de crédito sem ao menos ser uma página de vendas, as chances de se tratar de um golpe são grandes. Além disso, suas informações podem ser entregues a empresas que vendem assinaturas de revistas ou produtos por telefone, por exemplo. Ainda, seu e-mail pode ser inserido em listas de SPAM.

Por isso, antes de se cadastrar em sites, faça uma pesquisa na internet para verificar se aquele endereço tem registro de alguma atividade ilegal. Avalie também se você tem mesmo necessidade de usar os serviços oferecidos pelo site.

so não coloquei os amtivirus porque não tenho permisão de postar links


GaBrIeL4510™

Mensagens : 3
Data de inscrição : 16/07/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum